Pular para o conteúdo principal

.

.

.

.

Mandantes de Incêndio a ônibus são presos pela Policia Civil em BH

Nos últimos 51 dias, ao menos 12 ônibus foram incendiados em Belo Horizonte e Região Metropolitana. Devido ao aumento desse tipo de ato criminoso, a Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) deu início a investigações com o objetivo de identificar e prender os envolvidos. Em apresentação realizada nesta quarta-feira (22), a corporação divulgou o resultado dos trabalhos. Até agora, quatro pessoas foram presas, Gabriel Henrique do Nascimento, conhecido como “Biu”, 20 anos; Willian Moreira da Silva, o Pixadão, 26, Alisson Nascimento Oliveira, 21, e João Vítor Rezende Barbosa, 19. Também foram descobertos mais seis suspeitos – quatro estão foragidos e dois identificados. Eles são responsáveis por oito ataques – quatro em Belo Horizonte, três em Sarzedo, um em Betim e um em Mário Campos.

Durante a apresentação, o chefe-adjunto da PCMG, Raimundo Nonato, ressaltou o trabalho dos policiais. “Logo que os incêndios começaram, eu estive aqui, juntamente com o superintendente de Investigação e Polícia Judiciária (SIPJ), Luiz Flávio Cortat, e determinamos que a investigação ficasse a cargo do Departamento Estadual de Operações Especiais (Deoesp), pois tinha plena confiança na capacidade dessa equipe. E hoje estamos aqui para apresentar os resultados e parabenizar a equipe pelo grande trabalho”, afirmou.

Luiz Flávio Cortat destacou a importância dessa operação. “O objetivo da ação é desestruturar as organizações criminosas, principalmente, bloquear os recursos financeiros e logísticos dessas quadrilhas. Foi um belo trabalho da Polícia Civil e uma grande resposta à sociedade”, disse.

O delegado Hugo Malhano, que acompanhou as investigações, falou sobre o trabalho da equipe. “A equipe se dedicou muito a esse trabalho e estou satisfeito com os encaminhamentos. Todos os policiais do Deoesp se empenharam nesse trabalho. E o resultado foi a prisão de quatro integrantes de uma quadrilha e a identificação de outros seis envolvidos, culminando com a prisão de 14 suspeitos”, disse.

O delegado Marcus Vinicius contou como foram as investigações. “Foi um trabalho de inteligência da PCMG que identificou uma quadrilha das cidades de Sarzedo e Mário Campos. Essa quadrilha age em dois braços, com dois líderes, um é o Renato Rodrigues de Oliveira, o Renatinho, que está foragido e, o outro, o Willian. A PCMG conseguiu provas materiais que podem garantir a condenação dos suspeitos, por isso esse trabalho minucioso. Eles são responsáveis por oito ônibus incendiados”, completou.

Ainda de acordo com Marcus Vinícius, a motivação para os incêndios seria uma retaliação do grupo em resposta ao homicídio do antigo líder da quadrilha, conhecido como “Leozinho”, morto no dia 1º de fevereiro.

Os presos de hoje são considerados os cabeças da organização criminosa. São pessoas que não participam efetivamente da ação, mas são os pensantes dessas atividades. A polícia apreendeu materiais utilizados para ações incendiárias, além de armas e rádio comunicadores.

Também já foram identificados outros quatro suspeitos que agiam na região do bairro Ribeiro de Abreu. Entre eles, três adolescentes e um maior. 

Fonte: Blog Cabo Julio, Hoje Em Dia

Postagens mais visitadas deste blog

Catuji: Eleição do sindicado dos trabalhadores rurais fica marcada pela violência

Nesta  Sexta-Feira  (23) na cidade de Catuji MG,  foi realizado a eleição para escolha do presidente do Sindicato dos Trabalhadores rurais da cidade . O Blog Rafatony acompanhou  toda movimentação durante o período de votação . veja no vídeo abaixo.

Catuji : Escola abandonada pode está servindo de ponto de prostituição infantil na comunidade de Porfírios

No lugar onde era uma escola hoje é um cenário de tristeza aos olhos daqueles que um dia estudaram naquele local , nas paredes onde crianças viam cartazes com as letras do alfabeto ,hoje a única coisa que existe é fezes , no chão onde pisavam jovens, que hoje são adultos, mães e pais de família, hoje se ver papeis de preservativos .
Todo esse cenário que o Blog Rafatony descreveu para você , pode ser encontrado no centro da comunidade rural de Porfírio . Com a construção da nova escola na comunidade de Porfírio o lugar onde funcionava a antiga escola municipal Porfírio Ferreira ficou abandonado , com isso , o lugar se tornou uma área de tristeza para aqueles que moram ou até mesmo visitam a comunidade .






Prostituição infantil e uso de drogas

   Segundo fontes ligadas ao Blog Rafatony , este local está sendo usado para uso de drogas ilícitas e também a prostituição infantil , o repórter fotográfico “ Thiago Fernandes” esteve no local durante o dia e pôde presenciar um cenário de tr…

Catuji : Obra de cercamento e iluminação do campo de futebol da comunidade de Porfírios começou

A prefeitura municipal de Catuji está realizando  uma obra no campo de futebol Porfírio Ferreira , a obra que começou na manhã desta Segunda_ Feira  (22) tem a finalidade de iluminar e cercar o campo de futebol  da comunidade ,  uma obra que a muito tempo vêm sendo esperada pela população local , juntamente com ela, a comunidade ainda espera ansiosa pela instalação da torre de celular , que chega a ser para muitos, considerada utilidade prioritária .    O campo de futebol da comunidade de Porfírios  não tem medida oficial , sendo que a medida do mesmo, é considerada bem pequena com relação aos demais campos da região .Além do cercamento e da iluminação, está visível a necessidade também de troca das traves ,  pois as mesma se encontram totalmente podres .