Pular para o conteúdo principal

.

.

.

.

O fim do polvilho e da farinha de mandioca nos Porfírios

 Uma série de problemas vêm afetando a produção de derivados da mandioca  na comunidade dos Porfírios . Segundo fontes ligadas ao blog Rafatony uma comissão de fiscais estaria vindo para fazer uma avaliação das condições de trabalho das chamadas tendas (locais onde se produz o Polvilho e a farinha de mandioca ) tudo indica,é que para a produção do polvilho continuar terá que sofrer uma grande mudança no setor de produção e isso renderia um gasto muito alto que seria incapaz de um pequeno produtor pagar.O pagamento de impostos também passaria a ser bem mais cobrados e vigiados pelo governo municipal, estadual e federal. Além desse problema , temos outros fatores que também poderá  contribuir para o fim das tendas na comunidade.
  Nos últimos anos a goma(polvilho) e a farinha do estado da Bahia chegam com força na região e com um preço inferior ao da comunidade Porfiriense, isso está causando a desvalorização no mercado comercial. Varias pessoas que cultivam a mandioca reclamam do preço que produtores de Polvilho estão pagando por caminhão. O preço por caminhão varia de 500 a 600 reais. A pressão para que a água passe a ser de responsabilidade da Copanor também é grande, seria mais um gasto, pois até o momento a água usada pela comunidade é natural e grátis .Portanto, realmente o fim da produção de derivados da mandioca poderá está chegando. Todos nós sabemos que acabar com a produção do polvilho na comunidade porfiriense é como dar um "tiro no peito" pois essa é a principal fonte de renda dos Porfírios .

Postagens mais visitadas deste blog

Acidente envolvendo dois caminhões deixa duas pessoas mortas

Um acidente envolvendo uma carreta e um caminhão deixou dois mortos na BR-259 em João Neiva, Espírito Santo, na manhã desta segunda-feira (10).
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que os dois veículos bateram de frente no km 15 da rodovia, no distrito de Cavalinhos, por volta das 7h 40. Testemunhas contaram que a carreta que transportava madeira seguia de João Neiva para Colatina. Já o caminhão seguia no sentido oposto. Ao passar por uma curva, ele invadiu a contramão e bateu. Mauro Gomes, de 45 anos, era quem dirigia a carreta. Apesar do impacto da batida, ele não ficou ferido. "Eu acredito que o outro motorista dormiu. Ele veio na minha mão. Eu vi que ele ia bater de frente e aí eu tirei dele rapidinho. Para a madeira não atingir a minha cabine e não me matar", disse. As madeiras foram arremessadas a mais de 30 metros de distância de onde aconteceu o acidente, com o impacto da batida. Nenhum outro veículo foi atingido. Os dois homens que morreram estavam no caminh…

Catuji: Eleição do sindicado dos trabalhadores rurais fica marcada pela violência

Nesta  Sexta-Feira  (23) na cidade de Catuji MG,  foi realizado a eleição para escolha do presidente do Sindicato dos Trabalhadores rurais da cidade . O Blog Rafatony acompanhou  toda movimentação durante o período de votação . veja no vídeo abaixo.

Prefeitura exibe videos lindos, nós mostramos realidade , vejam ...

A quadra poliesportiva que é pertencente à Escola Municipal Porfírio Ferreira se encontrava   em obras mas nos últimos meses a mesma está totalmente parada , não tem se quer um trabalhador na obra e o que se ver mais parece um terreno abandonado. Enquanto a rede social da prefeitura exibe  videos mostrando uma cidade linda e maravilhosa o Blog Rafatony mostra a verdade . como nessa foto
A  Prefeitura municipal de Catuji parece não dispor de um fiscal de obras para fiscalizar a empresa responsável pela obra . Segundo o que vimos na imagem abaixo  a obra tem prazo para ser entregue no mês de Setembro , mas todos sabemos que tem muito serviço para tão pouco tempo . .A comunidade dos Porfírios não tem e nunca teve uma quadra poliesportiva , toda campanha politica dizem que vão construir mas é só passar o período eleitoral que esquecem a promessa , investir no esporte é da condição para que o mesmo seja praticado . Por não dispor de um ginásio na comunidade, os jovens porfirienses usavam…