Pular para o conteúdo principal

.

.

.

.

Porfírios até agora não foi...

 Segundo o lema usado pelo então prefeito de Catuji, Fuvio L Serafim que se destacava que, "agora vai," até o momento em se tratando de obras a comunidade dos Porfírios continua parada e pelo jeito não vai para lugar algum.
 Mais 80% da comunidade não dar como positivo o atual mandato do empresário e prefeito da cidade de Catuji, esse numero poderá ser ainda maior quando se trata das demais comunidades. A prefeitura está claramente visando apenas a zona urbana, e plenamente esquecendo das comunidades vizinhas
  conversando com algumas pessoas das regiões e comunidades vizinhas o rafatony.blogspot.com obteve a seguinte resposta= "nas próximas eleições daremos o troco " . Muitos queriam mudança mas até o momento o que se ver é apenas continuação de um péssimo mandato da administração anterior.
  Os vereadores que dentro do seus exercícios profissionais deveriam criar  leis municipais e fiscalizar o poder executivo parecem não saber disso, e tudo que se ver é a fiscalização não sobre o poder executivo mas sim pelo seus pagamentos salariais. Muitos dizem que faz tudo pelo povo, quando na verdade faz tudo pelo dinheiro e só.
   São vários os cabos eleitorais que chegam na minha, na sua, na nossa casa dizendo; "olha gente se esse ganhar vai tudo mudar os empregos irão sair as pessoas do nosso município não mais irá precisar sair para trabalhar em outros estados ou até mesmo países , a saúde, educação, transporte, lazer, segurança , moradia , alimentação ambos vão melhorar" . Caro amigo e leitor do rafatony.blogsport.com , pergunte aos cabos eleitorais se a "galinha vai nascer dente? " também.
    O povo já está cansado de tantos políticos mentirosos e aproveitadores , mas infelizmente eles não se cansam de querer enganar o povo.

Postagens mais visitadas deste blog

# A FORMIGA SABE A FOLHA QUE CORTA

Nos dias atuais para buscar vivermos em paz e em tranquilidade o melhor caminho sem dúvida é evitarmos preocupações desnecessárias ou mesmo por que dizer não 'sofrer antes do tempo'. Em uma era onde todos temos a oportunidade de reaprender, recomeçar e reavaliar nossas ações, o roteiro certo para o sucesso e para nosso bem estar enquanto seres racionais, humanos e pensantes certamente inclui olharmos o passado, avaliarmos o presente e "pesar" o futuro.  Constitucionalmente e naturalmente somos libertos para refletir, tentar, mudar ou mesmo observar (se for o caso)  o mundo que nos rodeia. Em uma ambiente único, cheio de surpresas e oportunidades agimos por defesa/ sobrevivência  ou mesmo por instinto, assim como fazem vários animais cujo lutam pela vida, com a exemplo fazem as formigas onde que  em meio a uma infinidade de ervas sabem a folha que corta..
Post.Francisco Freire

Sede da yoguedes continuará em Caraí?

A empresa yoguedes cujo o dono é o atual prefeito de Catuji tem sua sede localizada no municipio de Caraí .Todos nós sabemos que com está empresa localizada na cidade visinha todos os tributos pagos por ela serão destinados para a prefeitura de Caraí . Mas segundos boatos ditos pela população local o ex prefeito de Catuji ,Waldir Pereira Soares não entrou em acordo para que está empresa estivesse estalada na cidade de Catuji .Agora o prefeito atual é Fuvio Serafim o mesmo é dono da yoguedes desta forma a pergunta fica no ar , será que a empresa mudará de sede ?

Acidente envolvendo dois caminhões deixa duas pessoas mortas

Um acidente envolvendo uma carreta e um caminhão deixou dois mortos na BR-259 em João Neiva, Espírito Santo, na manhã desta segunda-feira (10).
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) disse que os dois veículos bateram de frente no km 15 da rodovia, no distrito de Cavalinhos, por volta das 7h 40. Testemunhas contaram que a carreta que transportava madeira seguia de João Neiva para Colatina. Já o caminhão seguia no sentido oposto. Ao passar por uma curva, ele invadiu a contramão e bateu. Mauro Gomes, de 45 anos, era quem dirigia a carreta. Apesar do impacto da batida, ele não ficou ferido. "Eu acredito que o outro motorista dormiu. Ele veio na minha mão. Eu vi que ele ia bater de frente e aí eu tirei dele rapidinho. Para a madeira não atingir a minha cabine e não me matar", disse. As madeiras foram arremessadas a mais de 30 metros de distância de onde aconteceu o acidente, com o impacto da batida. Nenhum outro veículo foi atingido. Os dois homens que morreram estavam no caminh…